Aditivos e Assistência Técnica Mapei para a construção da nova Ponte San Giorgio de Génova (Itália)


A Mapei está entre as empresas que contribuíram com seus produtos para a construção da Ponte San Giorgio de Génova
4 de setembro de 2020
A Mapei está entre as empresas italianas que contribuíram, com os seus produtos, para a construção da nova Ponte de Génova, projetada pelo arquiteto Renzo Piano e construída pela Webuild e Fincantieri Infrastructure.
Neste projeto, a Mapei forneceu os aditivos para o betão prefabricado, utilizado para a construção dos pilares e da laje, além do aconselhamento dos seus técnicos e especialistas, que estiveram disponíveis 24 horas por dia, desde o início das obras até ao assentamento dos últimos metros cúbicos.
A Mapei forneceu também a suas soluções para a reparação, reforço e impermeabilização da rampa helicoidal, a estrutura de ligação entre a ponte San Giorgio a nascente com a autoestrada A7.
“Estamos satisfeitos por ter contribuído para a construção da nova ponte San Giorgio de Gênova - comentou Veronica Squinzi, CEO da Mapei – A nossa missão sempre foi fornecer soluções certificadas e duráveis”.
As tecnologias e sistemas Mapei propostas, aliadas ao serviço de assistência prestado e ao diálogo contínuo com o projetista, o fabricante de betão e os técnicos da empresa, contribuíram para a realização da mais importante infraestrutura italiana das últimas décadas, símbolo do compromisso e da vontade de reconstrução.
“Menos de dois anos após a queda da Ponte Morandi, quando ainda a memória da tragédia está viva, a realização da nova ponte é a demonstração de que dedicação, compromisso e paixão pelo trabalho podem contribuir para criar algo excecional e sustentável ”- acrescentou Marco Squinzi, CEO da Mapei.


Projeto
A ponte é constituída por um tabuleiro de aço-betão com uma viga contínua de 1.067 metros composta por 19 vãos (14 vãos de 50 m, 3 vãos de 100 m, 1 vão de 40,9 m, 1 vão de 26,27 m ) e é suportada por 18 pilares de betão armado de seção elíptica.
As formas suaves da ponte, dos pilares elípticos ao convés que lembram o casco de um navio e a cor clara dos seus elementos permitem criar uma entre a infraestrutura e a paisagem que a rodeia.

 



Construção dos pilares
Os 18 pilares de betão armado de seção elíptica foram realizadas com vazamentos de betão em ciclo contínuo e com a utilização de cofragens trepantes, ou seja,  cofragens específicas que são enganchadas na própria estrutura, utilizando o betão já vazado como base de apoio. No momento do novo vazamento, o betão deve ter atingido a resistência mecânica necessária para suportar o peso da cofragem e do novo betão.
As operações de construção dos pilares foram realizadas no período de junho de 2019 a janeiro de 2020, encontrando diferentes condições ambientais e temperaturas que influenciaram a escolha dos aditivos e que levaram a Mapei a propor a utilização de uma combinação de diferentes produtos.
A combinação de aditivos de alta tecnologia, capazes de modificar as reações de hidratação e endurecimento dos materiais cimentícios, tem permitido alcançar com segurança o resultado esperado e garantir uma resistência mecânica constante entre os diversos vazamentos.

O DYNAMON XTEND W400 N é um aditivo líquido superfluidificante que permite uma redução do uso de água em 20% na mistura, com efeito neutro nos tempos de presa do betão.
O DYNAMON LZ 551 é um aditivo capaz de prolongar a trabalhabilidade do betão sem causar atrasos na presa e no endurecimento.
O MAPEFAST ULTRA é um aditivo à base de polímeros inorgânicos nanoestruturados capaz de aumentar a resistência mecânica do betão em climas frios, com base na inovadora tecnologia de “seeding catalysis”.
A última exigência, fortemente desejada pelo cliente, era garantir uma excelente face-a-vista no momento da descofragem. Um betão isento de defeitos, de cor homogênea, que realçasse o efeito material da perfeição do produto. O resultado foi alcançado de forma brilhante, graças a um excelente dimensionamento da mistura do betão e à utilização de um agente descofrante  específico capaz de garantir um resultado estético valioso. Após uma série de ensaios em obra, decidiu-se usar: MAPEFORM W60, agente descofrante em dispersão aquosa para betão com ótimo acabamento estético.


Realização da laje
Concluída a montagem do tabuleiro metálico, a segunda fase que envolveu os produtos da Mapei, com a realização da laje em betão de retração compensada, para evitar a formação de fissuras devido aos fenómenos de retração. 
Também neste fase, realizada no mês de junho de 2020, foi necessário ter em consideração vários fatores decorrentes dos requisitos de projeto: a elevada resistência mecânica; um valor de retração controlada do betão dentro de parâmetros definidos e uma trabalhabilidade prolongada em climas quentes e com elevada resistência mecânica à cura curta para facilitar as operações de acabamento da superfície.
Como para os pilares, o alcance do resultado foi possível graças à combinação de produtos específicos:

O DYNAMON XTEND W202 N, aditivo acrílico com alta redução de água e rápido desenvolvimento de resistência mecânica à cura curta.
O DYNAMON LZ 551, aditivo capaz de prolongar a trabalhabilidade do betão sem causar fenômenos de presa lenta e endurecimento.
O EXPANCRETE PLUS, agente expansivo para betão de retração controlada. Nas guias laterais da laje, para minimizar a evaporação da água e a possível formação de fissuras, foi utilizado:
MAPECURE WG, agente de cura filmógeno base água com efeito anti-evaporação e protetor contra a ação do sol e do vento.


Reparação do helicoidal
As obras de reparação e reforço envolveram as fundações, pilares e tabuleiro do viaduto.
Os produtos usados para os cais e elevações foram:

O MAPEFER 1K, argamassa cimentícia para a proteção anticorrosiva dos ferros de armadura.
O MAPEGROUT EASY FLOW, argamassa cimentícia tixotrópica, fibrorreforçada, para a reparação de estruturas em betão.
O MAPEGROUT EASY FLOW GF, argamassa cimentícia tixotrópica, fibrorreforçada, para a reparação de estruturas de betão onde é necessária uma maior ductilidade.
O MAPELASTIC GUARD, argamassa cimentícia elástica para a protecção de obras em betão dos agentes atmosféricos agressivos.
O MAPEGROUT CASTABLE B2, argamassa fluída fibrorreforçada e de retracção compensada para a reparação de estruturas em betão.
O MAPEGROUT GF BETONCINO B1, argamassa cimentícia de vazamento fibrorreforçada para reparação de estruturas de betão onde espessuras e conformações particulares requerem o uso de betão pré-dosado e de vazamento.
O MAPEFIX EP 585, fixação química à base de resina epóxi pura para cargas estruturais.


Quanto ao tabuleiro, tanto o intradorso como o extradorso, foram utilizados os seguintes produtos:

O MAPEFER 1K, argamassa cimentícia para a proteção anticorrosiva dos ferros de armadura.
O MAPEGROUT EASY FLOW, argamassa cimentícia tixotrópica, fibrorreforçada, para a reparação de estruturas em betão.
O MAPEGROUT LM2K, argamassa cimentícia tixotrópica para a reparação de betão em espessuras de 3 a 20 mm, em demão única.
O ADESILEX PG1, adesivo epóxi tixotrópico para colagem estrutural.
O EPOJET, resina epóxi superfluida para injeções e ancoragens.
O MAPECOAT E23, primário epoxídico para protecção do betão antes do acabamento em poliuretano.
O MAPECOAT PU33, revestimento elástico à base de resinas poliuretânicas bicomponentes para proteção do betão.
O MALECH, primário acrílico à base de água, promotor de aderência.
O ELASTOCOLOR PITTURA, tinta elastomérica protetora anti-fissuras, para exteriores e interiores, com elasticidade permanente e elevada resistência química.


A impermeabilização da laje da rampa helicoidal foi realizada com os seguintes produtos:

O PRIMER SN, primer epóxi preenchido com dois componentes.
O PURTOP 400 M, membrana híbrida de poliureia sem solventes, para aplicação na construção em obra de membrana impermeabilizante para pavimentos de paredes e tectos.
O PURTOP PRIMER BLACK, primer específico à base de solventes para melhorar a aderência de pavimentos em asfalto sobre superfícies impermeabilizadas com produtos da linha PURTOP.


Mantenha-se em contacto

Subscreva a nossa newsletter para receber notícias da Mapei